Post Aleatorio
Dicas

consequências de dormir pouco

Devido ao trabalho e a rotina rápida do dia a dia, acaba levando a maior parte das pessoas e diminuírem a quantidade de horas de sono. Dormir é tão importante quanto comer, se manter hidratado ou descansar. Para os adultos, o ideal é dormir um mínimo de 6 horas.

Nosso organismo não consegue funcionar de forma adequada quando se dorme pouco. A insônia que ocorre só em algumas ocasiões ligadas ao estresse ou a alguma doença, não possui um impacto tão grave quanto a insônia crônica. Passar mais de três meses sem conseguir dormir de forma adequada, é motivo para se preocupar. É importante conhecer a origem da insônia.

No mínimo são necessárias 6 horas de sono, mas cada pessoa possui sua própria quantidade de sono adequada. Entre os 26 e 64 anos, é indicado dormir entre 7 e 9 horas. A partir dos 64 anos, a pessoa pode dormir um pouco menos. As crianças precisam dormir entre 9 e 11 horas para que o hormônio do crescimento aja de forma mais eficaz.

Diabetes

Não ter uma boa qualidade de sono afeta os níveis de glicose no organismo, podendo levar ao desenvolvimento da diabetes.

Sofrer com o sobrepeso ou idade avançada e dormir menos de 6 horas, aumenta as chances de problemas na glicose.

Sistema digestivo

Dormir pouco durante longos períodos de tempo reduz os tipos de bactérias no intestino. O metabolismo é afetado quando há menos tipos desses micro-organismos.

Uma flora intestinal de má qualidade tem efeitos nocivos na nossa saúde em geral, o nosso corpo desenvolve resistência à insulina, aumenta o peso, a imunidade fica baixa e a absorção de nutrientes diminui.

Doenças cardíacas

Dormir menos do que necessitamos durante o dia, causa um sério impacto negativo para o nosso coração.

Dormir só de 5 a 6 horas durante a noite aumenta a pressão arterial. O sono ajuda a controlar os hormônios que causam estresse que regulam e mantêm uma pressão arterial saudável.

Depressão

A insônia pode levar a depressão, pois ela interfere nos neurotransmissores do nosso cérebro. Isto pode levar a uma mudança de informação entre os neurônios que regulam o estado de humor.

Dificuldade para se concentrar

Como a falta de sono afeta nossa atenção, torna mais difícil responder a perguntas e diminui a concentração.

A memória é muito afetada quando o tempo em que dormimos não é o suficiente. Se a insônia persistir por muito tempo a nossa qualidade de vida é afetada, como a dificuldade de conversas, de lembrar de nomes, de formar frases coerentes, etc.

Obesidade

Quando dormimos menos, os níveis de grelina, que fazem sentir fome, aumentam e os níveis de leptina, que traz a sensação de saciedade, diminuem. Isso propicia o ganho de peso e, consequentemente, a obesidade.

Pessoas que dormem pouco, geralmente, fazem menos exercícios físico, porque se sentem muito cansadas. E, criam o hábito de comer alimentos cheios de gorduras não-saudáveis e açúcares.

A insônia tira nossa qualidade de vida, podendo resultar em doenças.

 

Aproveita e compartilha com amigos e familiares nesse botão abaixo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *