Post Aleatorio
Dicas

Você sabe ajudar um amigo que está com depressão?

Como ajudar uma pessoa com depressão? Veja dicas essenciais

A depressão é uma das doenças mais faladas do século, e mesmo assim a maioria das pessoas ainda não sabe lidar com ela.

FALAR SOBRE DEPRESSÃO um bem necessário para ampliar o conhecimento acerca da doença e permitir ajudar uma pessoa com depressão de forma eficiente. Por isso, se você é próximo de alguém que esteja sofrendo com a doença, mas está com dificuldade em lidar com a situação, é ótimo que esteja aqui buscando mais informação.

Antes de ir diretamente às formas de ajudar uma pessoa com depressão é importante conhecer brevemente quais são os fatores que podem desencadear a doença. Além disso, é fundamental ter consciência de que a depressão não é uma escolha. Ela tem cura, mas para isso precisa ser levada a sério.

5 Formas de ajudar uma pessoa com depressão

Primeira coisa a saber é que a depressão pode acontecer com qualquer pessoa. INCLUSIVE HÁ CADA VEZ MAIS CASOS REGISTRADOS DE DEPRESSÃO INFANTI.

Os principais motivos relacionados ao surgimento da doença são momentos de grande dificuldade, traumas, doenças crônicas, abuso de drogas e a solidão. Há também o histórico familiar que precisa ser observado na hora do diagnóstico.

De acordo com a Dra. Ana Beatriz Barbosa Silva, autora do livro Mentes Depressivas, a depressão é uma doença que atinge as três dimensões humanas: física, psicológica e espiritual. Então, a pessoa doente é atingida de forma generalizada pela doença, sentindo um profundo vazio existencial.

Nem sempre a pessoa acometida pela depressão vai aparentar estar abatida, pois há momentos de crise e outros em que ela está se esforçando muito para parecer bem. Conforme a fase da doença, ela pode apresentar sérios distúrbios de sono e alimentares, baixa autoestima, incapacidade de fazer as tarefas mais simples, falta de motivação, autodesvalorização.

O maior problema é quando o indivíduo chega ao ponto de ter pensamentos suicidas, pois lhe parece que essa é a única saída. Então, a primeira e mais importante dica é não julgar as atitudes do doente depressivo. Agora, veja outras formas de ajudar uma pessoa com depressão e de melhorar sua relação com ela, com mais empatia e compreensão.

1. Esteja presente na vida da pessoa

É um grande erro pensar que a pessoa com depressão está agindo de determinada forma porque quer atenção. Nesses momentos, muitos amigos e familiares se afastam porque não querem “dar trela” e acabar piorando o caso. Mas não é assim que funciona.

Embora a pessoa doente não sinta qualquer tipo de motivação para nada, muitas vezes nem mesmo para levantar da cama e ir ao banheiro, ela precisa da presença dos entes queridos. Então, não abandone. Demonstre que você vai estar ali para o que precisar.

2. Tenha paciência mesmo nos momentos mais difíceis

A pessoa com depressão pode ter um comportamento muito difícil de lidar em várias situações. Pode ter raiva, ficar agressiva, muito triste ou até parecer feliz, de um momento para o outro. Também pode se negar a buscar ajuda. Tudo isso faz parte.

Da mesma forma que é importante estar presente, é preciso ser paciente e compreender essas mudanças de comportamento. Quando não souber o que dizer, ofereça um abraço. Quando quiser fazer uma pergunta, questione de que forma você pode ser útil.

3. Diga palavras de apoio e carinho

Nos casos de depressão, não adianta você dizer à pessoa que entende o que ela está passando se você nunca teve a doença. Também não adianta dizer que vai passar, mas sim que com a ajuda adequada ela com certeza vai ultrapassar esse problema que está vivendo.

As palavras de apoio e carinho são dizer o quanto a pessoa é importante para você e que ela pode contar com a sua ajuda, não importa o que aconteça. Valorize, não menospreze.

4. Fale sobre tratamentos disponíveis

Mesmo que a pessoa doente se recuse a buscar um tratamento, ela precisa estar consciente de que essa é a melhor forma de curar a doença. Então, quando perceber que ela está aberta para ouvir a respeito, fale que você pode acompanhá-la ao médico para juntos buscarem uma solução.

5. Pesquise sobre bons profissionais

Além de encorajar a pessoa depressiva a buscar ajuda profissional, faça pesquisas sobre os médicos que trabalham por perto. Entre em contato com mais de um para que a pessoa tenha opções a escolher. Afinal, talvez não seja na primeira consulta que ela irá sentir-se segura para levar o tratamento adiante.

Essas são dicas simples, porém muito valiosas para que a pessoa depressiva sinta mais segurança na sua companhia e aceite a sua ajuda. Se desejar, aproveite e acompanhe no vídeo abaixo o que a Dra. Ana Beatriz tem a dizer sobre a depressão e compreenda um pouco mais esse importante assunto:

FONTE-
Dicas Online

Aproveita e compartilha com amigos e familiares nesse botão abaixo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *